Histórico

A criação do Curso de Graduação em Oceanografia na UFSC deve-se a esforços realizados principalmente no final da década de 1990. Naquela época, a  UFSC já contava com laboratórios que desenvolviam pesquisas marinhas nos departamentos de Aquicultura, Geociências, Ecologia e Zoologia, Química, Bioquímica e Engenharia Sanitária e Ambiental.

Logotipo do grupo MARUFSC, responsável pela nucleação do curso de oceanografia.

O resultado destas atividades foi a criação de um grupo de discussão em 2003 denominado MARUFSC. O principal objetivo do MARUFSC foi criar mecanismos que reduzissem a fragmentação das ciências do mar na universidade, buscando a criação de um canal institucional que facilitasse a colaboração científica, a convergência de esforços e a disseminação de informações entre professores.

Nos anos seguintes de trabalho o grupo dedicou-se a elaboração de estratégias para o fortalecimento da área de oceanografia na UFSC. A repercussão mais concreta desse esforço foi a implantação, pela Pró-Reitoria de Ensino de Graduação, em agosto de 2006, de uma comissão para elaborar o Projeto Pedagógico do curso de bacharelado em Oceanografia.

O Projeto Pedagógico de criação do curso de Oceanografia foi concluído em março de 2007. Sua criação administrativa pela Câmara de Ensino de Graduação da UFSC foi formalizada pela Resolução nº 004 de 16 de maio de 2007.

A Coordenação de Curso foi instalada no Departamento de Geociências (GCN) do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O primeiro vestibular contou com a segunda maior procura da UFSC em 2008 (21 candidatos por vaga). O reconhecimento do curso pelo MEC se deu pela Portaria N° 327 de 24 de julho de 2013, publicado no Diário Oficial da União.

Ao longo da implantação do curso novos  professores foram contratados para atuar nas áreas de Oceanografia Física, Oceanografia Química, Oceanografia Biológica, Oceanografia Geológica e Gestão Costeira. Os primeiros alunos egressos concluíram o curso em 2012.

Em 2010 um projeto para construção de um Veleiro Oceânico de 60 pés foi submetido e aprovado pela FINEP. O Veleiro ECO foi construído no Sapiens Park sob coordenação do Labsolda do Departamento de Engenharia Mecânica da UFSC. O veleiro tem atuado no suporte ao embarque de alunos, educação ambiental e pesquisa oceanográfica.

Veleiro ECO de pesquisas científicas (Fotografia arquivo Eco: http://www.veleiro.eco.br/pt/fotos).

Em Março de 2015 foi inaugurado o Programa de Pós-Graduação em Oceanografia (PPGOceano) na modalidade de Mestrado Acadêmico. O PPGOceano tem agregado importantes conquistas que refletem diretamente na qualidade do ensino da graduação. O programa facilitou a captação de recursos em Projetos e de Pesquisa, auxiliando na formação profissional dos alunos de graduação através de estágios e bolsas de iniciação científica, estruturação de laboratórios,  seminários e palestras, além dos cursos especializados oferecidos a alunos avançados (últimas 4 fases).

No ano de 2017 o Curso de Oceanografia foi transferido para a Coordenadoria Especial de Oceanografia (OCN) do Centro de Ciências Físicas e Matemáticas (CFM) da UFSC, com melhoras significativas em sua infraestrutura. O curso passou a contar com uma nova sala para sua secretaria (20 m2) e uma área predial de 600 m2  onde estão localizados laboratórios de pesquisa, salas de professores e área de permanência de alunos de graduação e pós-graduação. Também foram contratadas duas secretárias e uma técnica de laboratório para atendimento aos Cursos de Graduação e Pós-Graduação em Oceanografia.

Em 2018 o curso completou 10 anos de sua formação e passou a contar com o Navio Ciências do Mar I, construído pelo Ministério da Educação (MEC) e coordenado pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG) para embarque dos alunos de graduação.

Navio Ciências do Mar I, construído e mantido pelo Ministério da Educação e administrado pela FURG. (Fotografia: Felipe M. Pimenta).

Em 2019 a FINEP aprovou a consolidação de um prédio na UFSC, onde cerca de 1000 m2 estarão disponíveis futuramente para o grupo de Oceanografia no Prédio de Engenharia de Superfícies.

Prédio do Instituto de Engenharia de Superfícies (Fotografia: DFO/SEOMA/UFSC).

Em 2018 a Petrobrás aprovou a construção de um novo prédio com 2000 m2 que será construído no Campus Trindade da UFSC.

Para saber mais sobre a história da Oceanografia em Santa Catarina e de laboratórios pioneiros no desenvolvimento das ciências marinhas, leia o artigo escrito pelo Prof. Jarbas Bonetti disponível no link abaixo:

História da Oceanografia na UFSC

Breve relato da história da Oceanografia na UFSC.